Outsourcing

Outsourcing pode ajudar a otimizar a Gestão das Empresas.

O que é outsourcing, quais as áreas mais indicadas para implementar na empresa, as suas vantagens e desvantagens, o que mudou com a tecnologia?

Essas são algumas das perguntas que iremos responder neste artigo.

Hoje em dia já não precisa de um departamento na empresa para todas as mais pequenas tarefas. A verdade é que muitas vezes compensa, tanto de um ponto de vista estratégico como financeiro, contratar um determinado serviço a outra empresa ou prestador. E daí surge o termo ‘outsourcing’.

O que é o outsourcing?

O conceito ‘outsourcing’ surge da junção de duas palavras na língua inglesa: ‘out’, que significa ‘fora’, e ‘source’, que significa ‘fonte’. Em português o termo traduz-se para ‘terceirização’, embora seja muito mais frequente ouvir e utilizar o estrangeirismo.

Outsourcing define-se então pelo ato de recorrer a uma fonte externa para satisfazer uma necessidade.

Aprofundando, podemos explorar o termo como sendo o processo através do qual uma empresa (a contratante) contrata outra empresa (a subcontratada), com o objetivo de estabelecer um relacionamento de benefício mútuo, baseado na realização de uma atividade por parte da subcontratada, a especialista neste cenário, que a empresa contratante não tem interesse ou capacidade para realizar.

Quais as áreas mais indicadas para contratar em regime de outsourcing?

Aqui, na verdade, não há limites. Existem empresas a oferecer serviços em regime de outsourcing para qualquer área de trabalho. Recursos humanos, estratégia, consultoria financeira, marketing, administração, advocacia, logística, etc.

Por exemplo: se a sua empresa não tem um departamento de recursos humanos, ou este tem foco noutras tarefas, pode contratar uma agência de recrutamento para o apoiar na contratação de um novo funcionário. Também é comum pequenas e médias empresas subcontratarem agências de marketing ou comunicação para apoiar na promoção e venda dos seus produtos e serviços.

Outro tipo de outsourcing bastante comum, e que facilita muito a organização da empresa, é a consultoria financeira e a utilização de um software de gestão.

Que vantagens tem o outsourcing?

O outsourcing traz habitualmente um grande desafogo à organização de uma empresa. Algumas das vantagens podem ser:

  1. Permite que os recursos humanos da empresa se foquem nas atividades centrais;
  2. Evita a contratação desnecessária de mão-de-obra extra;
  3. Adiciona serviços e valor à empresa;
  4. Traz um melhor resultado por o outsourcing ser feito com especialistas na matéria em questão;
  5. Torna a empresa mais competitiva face aos seus concorrentes;
  6. Custo habitualmente mais baixo;
  7. Elimina a probabilidade de ineficiência da organização.

E desvantagens?

Embora não seja certo, por vezes o outsourcing pode levar a alguns problemas, dos quais se destacam:

  1. Perda de confidencialidade de dados ou informações privadas da empresa;
  2. Dependência para com a empresa subcontratada;
  3. Problemas de comunicação;
  4. Desalinhamento com a cultura e core da empresa;
  5. Possível conflito de interesses entre a empresa contratante e a subcontratada;
  6. Pouco controlo sobre as atividades da empresa em outsourcing;
  7. Desmotivação dos recursos humanos da empresa e eventuais despedimentos.

Apesar de, como em qualquer atividade, existirem vantagens e desvantagens, a verdade é que o outsourcing acaba por ser a melhor opção na grande maioria das vezes. Isto por duas principais razões:

  1. Permite que a empresa se foque nas suas atividades centrais (aquelas que efetivamente sustentam a sua existência);
  2. A empresa subcontratada, como especialista, irá quase certamente providenciar um serviço de melhor qualidade do que aquela que a empresa contratante poderia realizar.

A tecnologia a favor do outsourcing

Como referido acima, o outsourcing das tarefas financeiras e contabilísticas pode facilitar bastante o quotidiano de uma organização, especialmente a organização das atividades da empresa.

Os softwares de gestão possibilitam terceirizar a gestão administrativa e/ou financeira das empresas com maior benefício, pois incorporam a componente de serviços especializados de consultoria financeira para uma melhor gestão.

Através da utilização da tecnologia, o software de gestão possibilita a uma empresa terceirizar os serviços administrativos ou financeiros sem perder qualidade e controlo dos serviços, sendo possível um acompanhamento das atividades em tempo real e com acesso direto as informações através da partilha de software.

Investir num bom software para o planeamento financeiro e gestão do orçamento da sua empresa pode não só libertar a sua equipa para outras tarefas, mas realmente criar uma vantagem face à sua concorrência.

A tecnologia pode ser a sua maior aliada na gestão da sua pequena empresa. Aderir à revolução digital traz diferentes vantagens, das quais podemos destacar a redução de erros humanos, a possibilidade de realizar análises e previsões, a otimização do trabalho, melhor controlo e fiscalização, e menor necessidade de recursos humanos.

Conclusão

Utilizar a estratégia de contratar empresas especializadas para apoio em determinadas áreas é uma possibilidade que pode gerar economia e eficiência as empresas. 

Por isso, a Mário Moura Contabilidade dispõe do serviço de outsourcing para facilitar e otimizar a gestão financeira. Apoiando na gestão e controlo de todo o processo financeiro, desde o planeamento, acompanhamento, controlo e análise financeira. Todo o processo é acompanhado em tempo real pelos clientes através de software de gestão que disponibilizamos gratuitamente. 

Nossos canais de comunicação estão disponíveis para consulta, informações e esclarecimentos de dúvidas sempre que necessário. 

Se deseja conhecer o serviço de outsourcing da Mário Moura Contabilidade, entre em contacto connosco por telefone: tel: (+351) 219 591 654 ou email: office@mmc.pt

Um abraço,

Mário Moura Contabilidade

mario.moura@mmc.pt

Related Posts